quinta-feira, julho 05, 2007

Método B (II)

Começaram os exames orais. JB

8 Comments:

Blogger Navalha said...

tudo bem, eu vou lutar assim durante quatros dias: mas não vou assim vestido. suado nos músculos, lança e espada nas mãos, escudo pronto a esmagar crânios. Mas de gravata, sff.

06 julho, 2007 10:54
Blogger Catarina said...

Também tens aquela sensação de câmara lenta nos exames orais?
Quer dizer, vês a espada a aproximar-se, sabes perfeitamente o que vai acontecer, mas sabes que não consegues fazer nada para detê-la?
Isso nunca me aconteceu. Mas, verdade seja dita, só fiz dois exames orais na minha vida, e um deles era escrito (uma inovação, hã?).

06 julho, 2007 19:38
Blogger maria said...

arranca os teus herois verbais de casa, doa a quem doer! mesmo que tentem esconder-se num cantinho esquecido, entre o pó que se foi amontoando...:p boa sorte JB, deixa os quases para os outros:)

09 julho, 2007 19:52
Anonymous berhan said...

João, a tua gravata de hoje era tremenda.

Catarina, a câmara lenta das orais está este ano em fast forward. Como? Quatro (sim, quatro) orais num espaço de oito (sim, oito) dias. Uma melhoria, três passagens. Ou chumbos (madeira, madeira, madeira).

Maria, deixaste-me (quase) confiante.

09 julho, 2007 21:48
Blogger Navalha said...

a minha gravata era de facto incrível.

10 julho, 2007 00:05
Anonymous Anónimo said...

João a tua gravata era horrivel.

13 julho, 2007 17:59
Blogger Navalha said...

invejas.

14 julho, 2007 01:33
Blogger Catarina said...

A gravata pode ser uma arma.

15 julho, 2007 12:22

Enviar um comentário

<< Home